Sobre Essias

ESSIAS SOUZA

Essias Alves Souza, também conhecido como “Doutor”, nasceu na cidade de São Paulo no dia 12 de Maio de 1983. Nascido em família com princípios cristãos e hoje pai de família. É criador da marca Rise Bags e Rise Music: duas linhas de produtos, sendo de bolsas e de instrumentos musicais. Também é profissional na área da tecnologia como analista de infraestrutura, webmaster e designer digital. Fala além do Português o Espanhol fluente, e é estudante da língua Hebraica e Mandarim. Seus Hobbies tratam-se de produzir e desenvolver trabalhos artísticos e praticar esportes.

Essias tem com base quatro pilares:

  • Família – Seu primeiro Ministério
  • Arte – Resultado da vida
  • Esporte – O que o faz se sentir vivo
  • Crença – O alimento para viver

BIOGRAFIA

NASCIMENTO, INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

essias-quartinho-do-manu
Da esquerda para direita: Coreano, Erika, Manu e Essias. Aproximadamente no ano de 2006

Seus pais nordestinos foram morar na megalópoles São Paulo na década de 70. Tiveram três filhos sendo Essias o filho do meio e nascido no dia 12 de maio de 1983. Na época de seu nascimento seus pais moravam no bairro do Parque São Lucas, e mudaram em seguida para o bairro de Sapopemba, lá permaneceram até o ano de 1989. Mudaram-se para a cidade de Japaratuba, cidade natal de seu pai que está no estado de Sergipe, lá permaneceram por 8 meses, e no mesmo ano ainda mudaram de volta a São Paulo para a Vila Carrão. No ano de 1990 foram morar no bairro de Guaianazes. Essias então começou a crescer neste bairro, onde conheceu diversos amigos que o influenciaram a uma infância e adolescência bem ativa. Aos 14 anos Essias começou a fumar tabaco e beber. Nesta mesma época começou a trabalhar para seu pai, e o dinheiro o dava mais liberdade para fazer muita coisa que queria.


VIDA ADULTA

Aos 17 anos voltou para a Cidade de Japaratuba quando seu pai saiu da extinta Telesp, empresa extinta e onde seu pai tirava o sustento da família. Ali passaram um período de mais ou menos um ano, quando sua mãe e seu pai tiveram uma discussão e sua mãe decidiu voltar para Guaianazes na Cidade de São Paulo, e Essias voltou com ela. Quando Essias tinha 22 anos, sua mãe e seus irmãos estavam todos morando juntos, até um dia que Essias teve uma briga com o seu irmão e sua mãe pediu pra que Essias fosse para Ibiúna morar com sua tia materna. Embora muitos que escutam essa história pensem que Essias era o vilão da história, sua mãe lhe pediu pra que ele fosse embora porque ela sentia que ele poderia se virar longe dela, mas o seu irmão ainda precisava de cuidados. Essias ficou em Ibiúna até conseguir um trabalho como analista de suporte em São Paulo, e foi morar em Suzano com outra tia, ali permaneceu por 6 meses e como era muito longe de seu trabalho, Essias decidiu com um amigo a começar uma república em Guaianazes novamente. Em fevereiro de 2008 Essias decidiu morar em Lima no Peru, Essias então tomou um ônibus no terminal do Tietê que o deixou na cidade de Santiago do Chile, de Santiago Essias tomou outro ônibus que o deixou na cidade de Arica. Um táxi antigo cruzou a fronteira entre Chile e Peru, e o deixou na cidade de Tacna, de lá mais um ônibus o levou até Lima. Essias passou 3 meses no Peru e voltou para Guaianazes depois que o furto de seus documentos o desanimou de continuar a jornada. Em 2009 Essias decide parar com todos os vícios, conhece a Diva no mesmo ano, e casou-se com ela em 6 de fevereiro de 2010.

essias-e-diva
Essias & Diva no cartório civil de Guaianazes no dia 06/02/2010 se casando.

Casado então, foi morar em Ferraz de Vasconcelos, no dia 1º setembro de 2011 as empresas que empregavam Essias e Diva os demitiram. Em outubro a Diva estava grávida. No começo do ano de 2012 Essias começou a lecionar Hardware em uma escola de informática e idiomas para ganhar um terço da renda que os dois tinham, foi então que a mãe de Essias o ofereceu para morar na casa que seus pais tinham em Suzano, e como estava precisando parar de pagar aluguel, em 25 de janeiro de 2012 ele foi morar com sua esposa e seu enteado em Suzano, onde vivem até hoje. Em julho de 2012 a filha do casal nasceu.


RELIGIÃO

Sua mãe católica e seu pai não praticante (mas que era filho de pais cristãos batistas) proporcionaram um crescimento debaixo de vários princípios cristãos, mas quando Essias tinha 12 anos sua mãe se converteu ao evangelho pentecostal, que o influenciou a conhecer mais o evangelho. Essias então se converte. No dia 29 de dezembro de 1996 com 13 anos Essias se batiza no Parque Ecológico do Tiête pelo Presidente do Ministério “Igreja Pentecostal Das Missões Divinas”, Pastor Jair José Tavares. Um ano depois Essias se desviou dos caminhos, buscando as velhas práticas de sua infância e somando com novas adquiridas através das paixões da adolescência. Ainda com 14 anos começou uma vida de tabagismo, álcool e promiscuidade.

Neste período Essias mesmo sem frequentar uma comunidade era temente a Deus, e muitas vezes era muito grato a Deus por guardá-lo dos males que ele mesmo procurava. Orava muitas vezes em segredo, e mesmo afastado e sendo infiel ainda assim ofertava e às vezes dizimava.

Em 2009, Essias faz uma visita à Igreja onde se converteu, e assistindo a peça teatral que retratava a parábola do filho pródigo proposta por Jesus Cristo no livro de Lucas e no capítulo 15 Essias decide mudar radicalmente sua vida. Aquele dia marcou algo na vida de Essias, ainda mais porque enquanto ele chorava emocionado, uma pessoa que ele mesmo havia evangelizado veio convidá-lo a reconciliar com Jesus. Naquele dia Essias decidiu enfrentar uma nova vida com o Evangelho.

No final do mesmo ano, Essias se casou com a Diva e visitaram a sede do Ministério Bola de Neve onde a Diva teve um encontro com a Palavra de Deus e então os dois começaram a congregar na Igreja Bola de Neve do bairro de Guaianazes. Estiveram sob o pastoreado do Eduardo e Melissa Glavina nesta Igreja, onde Essias fez o curso de lideres de célula em 2013, mas não recebeu unção, por conta do horário. Em novembro de 2013, Essias e sua família mudaram para a Igreja Bola de Neve da cidade de Suzano (cidade onde moravam desde o dia 25 de janeiro de 2012) e até hoje permanecem sob o pastoreado de Amauri e Adriana Miranda que os ungiram a líderes de célula e onde a Diva fez também o curso de líderes.

Funções Litúrgicas

Essias e sua esposa lideraram a célula em sua própria casa de agosto a dezembro de 2014, quando um projeto de Essias fez os pastores pensarem que seria melhor eles se dedicarem ao seu projeto.

Multi-instrumentista, tocando instrumentos como o teclado, violão, trompete, guitarra e baixo em diversas bandas da Igreja e em células.

Aos sábados Essias leciona música, ensinando os instrumentos que domina. Também é shofarista, desenvolve trabalhos de artes digitais, apoia o grupo de dança da Artéria Cia Profética onde sua esposa desenvolve a função de bailarina e departamento infantil onde sua esposa também desenvolve a função de professora para crianças de 2 a 11 anos.

Essias desenvolveu um projeto, que visa levar a cultura das igrejas evangélicas para as ruas, desempenhando trabalhos de artes visuais e sonoras, tais como: Música, Teatro, Dança, Clown, Flash Mobs, Pintura, Grafite, Estátua Viva, e etc.

Outros projetos religiosos:

  • O Jogo – Essias ainda tem um projeto que está em desenvolvimento que trata do roteiro de um jogo de vídeo game onde o jogador viverá os diversos personagens da bíblia e o final será no apocalipse.
  • Aulas de Espanhol – Com base no verso 15 do capítulo 16 do livro de Marcos, Essias desenvolveu a ideia de ensinar o idioma Espanhol gratuitamente pela internet e presencialmente na Igreja. Este projeto foi encabeçado em Guaianazes, mas com a ida para Suzano não teve continuidade.

PROFISSIONAL

Confecção – Essias começou a trabalhar um pouco cedo. Durante sua infância, dividia o tempo entre brincadeiras de rua, e as idas até a oficina de costura de sua mãe para fazer alguns trabalhos e ajudar na construção de bolsas de nylon. Crescendo em meio ao trabalho de sua mãe, Essias aprendeu muito sobre bolsas, como: materiais, técnicas de costura e cortes. Sempre que precisou de uma bolsa, Essias entrava na oficina de sua mãe e construía sua bolsa. Dentre essas construções, os destaques ficaram para o Strap acolchoado de guitarra, a bag de uma guitarra Les Paul, e uma mala com revestimento de madeira que servia para carregar seus cabos de guitarra.

Comercial – Com 14 anos seu pai adquiriu uma loja de material elétrico, hidráulico e ferragens, onde Essias aprendeu muito sobre o que vendia e atendimento ao cliente, e permaneceu neste trabalho até os 17 anos. Aos 18 Anos

Artesanal – Essias começou a gostar de grafiti com 15 anos, e com algumas tintas pintava suas calças. Com 16 anos comprou um aerógrafo, mas não engrenou na arte tão bem. Ficou só no sonho mesmo. Alguns dotes artísticos foram desenvolvidos ao longo de sua vida:

  • Essias tocando seu trompete, que por causa da correria foi deixado pra trás.
    Essias tocando seu trompete, que por causa da correria foi deixado pra trás.

    A música – Essias batucava as panelas e baldes de sua mãe, e não podia ver teclas que ficava extasiado. Com 13 anos, como ele estava na Igreja, sua mãe lhe deu um teclado Yamaha PSR-77. Fez aulas de teclado com a dona Lourdes, uma idosa que lecionava teclado e piano em Guaianazes. Já aposentada a senhora de aproximadamente uns 70 anos, dedicou o horário entre as 6 e 7 da manhã para ensinar música e teclado para Essias durante 6 meses, e assim Essias desenvolveu o aprendizado da música autodidata. Aos 16 anos Essias começou a descobrir o universo das cordas, e começou a aprender a tocar violão. Um amigo de Essias apelidado de Zoreia lhe deu um violão Tonante com o tampo quebrado, ele então colou o tampo, e o pintou de azul metálico. Nesta mesma época sua mãe lhe presenteou com um violão Di Giorgio Estudante 18. Com este violão Essias aprendeu a tocar diversos gêneros musicais, inclusive compôs algumas canções. Com quase 17 anos Essias começa a desenvolver o gosto por sons distorcidos das guitarras e compra de um amigo uma guitarra Jaguar Sonic da Giannini. Essa guitarra tinha vários problemas, o que começou o despertar também pela Luteria. Essias aprendeu a regular oitava, elétrica e estilização de guitarras. Com 18 anos ainda na guitarra Essias comprou uma Les Paul da Golden USA, e engajou no hardcore melódico e ska. Aos 23 anos com tanta correria do dia a dia, Essias deixou de tocar qualquer instrumento para se dedicar a vida da tecnologia. Em 2009 Essias decidiu comprar um trompete e voltar a se dedicar a música. Começou a lecionar música para o grupo de adolescentes da Igreja Missões Divinas, onde ele voltou a tocar guitarra e contrabaixo. No final do primeiro semestre de 2010 Essias passou a tocar trompete na Igreja Bola de Neve. No dia de sua terceira escala na banda da Pastora Melissa, Essias notou que não tinha muito o que tocar, então pediu para a Pastora o deixar tocar teclado que não tinha quem o tocasse. Tocando o teclado e o trompete, foi aos poucos deixando o trompete de lado até parar de tocar trompete. Durante este período dos 13 anos de idade até os dias de hoje, Essias teve contato com Clarinete, Violino, Violoncelo, Gaita Harmônica, Bateria (que na verdade foi o primeiro instrumento de verdade que Essias tocou), Contrabaixo e Percussão, mas os que ele se apaixonou e gosta de tocar é o Violão, a Guitarra, o Trompete, o Shofar, o Teclado, o Piano e está trabalhando na construção de uma Zampoña de tubos de PVC para experimentar.

  • Luteria – Como Luthier, Essias começou a gostar deste ofício depois do seu primeiro violão e de sua primeira guitarra. Seu primeiro violão já tinha o tampo descolado quando ele ganhou. Essias então colou o tampo, lixou o violão e o pintou de azul metálico o deixando bem customizado. Sua guitarra por ser portadora de vários problemas, o obrigou a aprender como fazer reparos e regulagens, onde trocou toda a elétrica da guitarra, incluindo seus captadores. Nesta mesma guitarra Essias tirou uma fatia da parte de cima e uma fatia da parte de baixo do corpo, mudando o peso da guitarra a deixando mais leve e característica, sem contar a pintura de rosa chá que ele fez. Essias também trabalhou no reparo de seu violão ganhado por sua mãe que descolou a ponte. Este mesmo violão foi regulado por ele, abaixou um pouco o rastilho deixando o violão bem macio e sem alterar o som que era de um grave reforçado. Todos que tocavam o violão diziam que o violão era muito bom de tocar. Hoje Essias esta trabalhando na construção de diversos instrumentos musicais e minuciosamente na construção de uma Zampoña com tubos de PVC. Esta Zamponã esta sendo montada para se ter uma escala cromática de Lá (A3 – Piano) a Fa# (F6 – Piano), toda linear para permitir ao músico executar qualquer canção sem tanta limitação. Essias tem a marca Rise Music by Essias para a produção de Violinos, Violoncelos, Double Bass (Rabecão), Guitarra (Telecaster e Les Paul), Cajóns, Baixo Acustico (Baixolão), Ukelele, e não esquecendo os Violões. Pensando ainda na proteção e transporte dos instrumentos através da marca Rise Music Essias projeta a construção de Cases de madeira para instrumentos e pedalboards.
  • Pintura – Essias tinha influências do mundo underground e com isso começou a ver seus amigos falando de grafiti e logo esse tema tomou conta dos dias dele. Comprou alguns pincéis e sozinho desenvolveu as técnicas de grafiti 3D. Pintando suas próprias calças as pessoas viam e começavam a solicitar o serviço dele que às vezes caiam muito bem para cobrir uma mancha nas roupas de seus clientes. Aos 17 anos, quando Essias esteve em Sergipe, conheceu o namorado de uma prima que pintava telas, e este começou a dar-lhe uns toques sobre pintura em tela. Essias comprou suas primeiras telas e pintou diversos quadros, sempre os dando para seus amigos. Pintar não era somente o que Essias queria, ele queria mesmo era revelar através do seus pincéis a realidade que seus olhos viam desenvolvendo um pouco da arte do movimento realismo, com o passar do tempo deixou de ser tão perfeccionista e aprendeu a ser mais impressionista, pensando em retratar mais efeitos de luzes e sombras em suas pinturas. Pensando um pouco mais em expandir começou a andar pelos traços mais chapados e pintou algumas telas só para relaxar. Também simpatizante de dioramas, começou em 2008 a construção de um campo de batalha, mas como é um trabalho bem demorado, acabou se estragando com o tempo o diorama e Essias então desistiu dessa arte. Em 2008 também Essias começou a pintar um auto retrato dele e sua sobrinha mais velha, e por conta de seus compromissos diários, Essias só terminou essa pintura no ano de 2012, mas segue assinada com o ano de 2008.
  • Audio Visual – Em 2006, com a ajuda de alguns amigos, Essias começa a sonhar em gravar e atuar. Ele produziu e gravou o vídeo clipe de uma música da banda Fábrica Civil, mas por um desentendimento com um integrante da banda acabou excluindo todo o conteúdo do clip. Produziu e gravou também dois clipes para a extinta banda Reality Sad, sendo que o segundo vídeo clipe nem mesmo chegou a ser finalizado. Essias deu inicio a gravações de casamentos, festas de aniversários e formaturas, com isso conseguiu um pequeno portfólio, mas como os equipamentos de filmagem, iluminação e edição são caros, ele teve que deixar esta arte para pequenas produções. Atualmente este dom é aproveitado para fazer vídeos de chamadas para a Igreja, e para gravar vídeos esportivos nas modalidades que ele pratica.
  • Design Digital – Com 22 anos Essias começa a estudar informática e começa a brincar com Photoshop e Corel Photo Paint. Logo várias montagens foram feitas, muitas por brincadeira mesmo. Hoje Essias desenvolve fôlder, flyers, cartões de visitas e outras artes e já tem um portfólio bom.
  • Teatro – Essias na verdade participou de poucas peças teatrais, mas hoje desenvolve trabalhos e está escrevendo esquetes para seu projeto de nome Carta de Amor
  • Clown – Ainda em desenvolvimento de seu clown, Essias tem estudado maquiagens, e a personalidade para improviso de um palhaço que traga dentro de todo o contexto artístico que ele atua uma mensagem de amor às pessoas.
Hewlett-Packard
Bolo “O Chapeleiro Maluco” by Essias – Manah Promise

Empreendedorismo – Essias tentou empreender diversas vezes em sua vida, mas não teve êxito nas duas primeiras. Antes com tanta falta de informação não seria possível. Sua primeira empresa foi o Rusty Bus que seria para trabalhos com produção de vídeos, filmes de casamento, aniversário, shows, formaturas, e de curtas e longas-metragens. Para começar foi investido em torno de cinco mil reais para a compra de equipamentos, mas ainda era necessário mais. Como o negócio não foi estudado Essias acabou deixando o sonho para trás por causa das dificuldades. A segunda empresa foi o Manah Promise, onde Essias e sua esposa começaram a confeccionar bolos e salgados de festa. Com uma cozinha de apartamento e um investimento de cerca de 500 reais começou seu negócio. A mudança do casal para a cidade de Suzano os fez perderem a cozinha e o tempo no novo emprego de Essias não o deixava trabalhar com os bolos e salgados. Essias então aproveitou o conhecimento que tinha de tecnologia e o investimento baixo pra criar o Essias Sites, que trata da criação de sites, atualmente o seu portfólio é de cinco sites, sendo eles: Dryzun Manaus, MS Studio de Beleza, Café Benedetti, Nabase Christian Life Style e seu Site Pessoal. Essias produzirá e lançará em breve dois sites do Rise. Agora Essias está empenhado na marca Rise que se depender dele será a base do sustento de boa parte de sua família. O Rise tem duas divisões a de bolsas (Bags) e a de instrumentos musicais (Music), a divisão Bags é responsável pela fabricação de bolsas, mochilas, bags de instrumentos musicais e bolsas esportivas como: Skate bag, sarcófago de surf e mochila de patins. Já a divisão Music é responsável pela construção de instrumentos musicais tais como: Violinos, Violoncelos, Double Bass (Rabecão), Guitarra (Telecaster e Les Paul), Cajóns, Baixo Acustico (Baixolão), Ukelele, Violões e Hardcases de madeira para instrumentos musicais diversos.

Tecnologia – Em 2004 Essias cursava Manutenção de Computadores, aprendendo também redes e alguns sistemas operacionais da marca Microsoft. Em 2005 entrou em um provedor de internet aprendendo mais sobre diagnóstico e resolução de problemas de conexão com a internet banda larga e Dial-Up. Depois de um ano foi trabalhar em um provedor de hospedagem onde conheceu mais ainda sobre internet e suas funcionalidades, mas deixou o ramo no final de 2006 retornando para o comércio. Em fevereiro de 2009, após uma crise econômica internacional que ocorreu em 2008, fez o comércio cortar muitos custos e a empresa onde Essias trabalhava decidiu demiti-lo. Então Essias entrou em uma multinacional para trabalhar como User Management Analyst. Neste emprego conheceu ferramentas como Tivoli ITIM , o Active Directory da Microsoft e o SM7 da HP. Nesta empresa Essias esteve até setembro de 2011 quando o despediram. Na procura por um novo emprego começou como professor de manutenção em computadores, rede de computadores, sistemas operacionais, manutenção em notebooks, impressoras e monitores. Como ainda carecia de muita informação para lecionar, Essias ficava boa parte do dia com uma apostila nas mãos, até mesmo na hora de fazer um pré-natal de sua filha, ali estava ele lendo algo. Isso o fez se aprofundar de uma tal forma que o preparou para entrar em uma nova empresa. Em agosto de 2012 Essias recebeu uma proposta para trabalhar na área de infraestrutura de uma empresa no ramo de joias e relógios, e foi onde ele aprendeu mais ainda com a ajuda de seu amigo Rodrigo Dávila que trabalhava para esta empresa. Trabalhou primeiramente com redes estruturadas internas e VPN, então seguiu com manutenção de estações e servidores, logo estava administrando servidores e prestando suporte à varias áreas da empresa. Aprendeu a administrar servidores web, e então começou a pender para a área web. Atualmente trabalha como analista web, desenvolvendo trabalhos marketing digital. Essias também atende como Essias Sites externamente aos clientes que buscam uma forma de trabalhar melhor o Marketing online.

Esporte – Essias começou brincando e até hoje brinca. A opção de se tornar um esportista profissional passou longe de sua realidade, mas como hobbie até hoje pratica algumas modalidades esportivas tais como:

  • Ciclismo – Nesta modalidade Essias teve bom desempenho na estilo Speed que consiste e ter mais velocidade. Gostava muito de treinar no caminho para o trabalho e casa. Também praticou por um tempo o downhill que consiste em descer montanhas e situações diversas.
  • Patinação – O estilo Agressive Inline sempre foi o mais legal para Essias, atualmente é fácil encontra-lo na pista do parque Max Feffer andando de patins, mas o que ele quer mesmo é treinar em halfpipe.
  • Longboard – O dono da Nabase Christian Life Style o presenteou com um longboard e o ensinou a dropar, ainda esta um pouco lento, apenas treinando slalom, mas pensa muito em fazer o downhill speed.
  • Surf – O surf sempre chamou a atenção, mas ainda não é um esporte praticável por Essias, mas continua sendo um sonho dele.

META DE VIDA

A meta de vida de Essias manter a salvação pessoal, trazer a salvação pessoal, e sempre pensar na família. E tudo se resume em uma frase:

A garantia de se ter netos é tendo os filhos, e isso eu já tenho. A graça de se ter netos é poder contar histórias, e pra isso que vivo, para ter histórias!


CURIOSIDADES

Porque Essias e não Messias?

Bom, pra começar o pai de Essias se chama Pedro Essias. Este segundo nome de seu pai, ele mesmo escolheu quando foi registrado aos 12 anos de vida. Quando Essias nasceu recebeu também este nome. O curioso é saber o que significa Essias. E como Essias crê que toda a raiz da humanidade vem do povo hebreu, ele procurou seu nome em hebraico, até mesmo para saber se era bíblico. Procurando por Essias, nada foi encontrado a não ser algumas pessoas que usam um sobrenome de Essias. No hebraico não se usa vogais, então os nomes não importa se é escrito com a, e, i, o ou u, como o caso do nome de Deus, que foi transliterado de YHWH para Jeová ou Yavé. Então Essias dividiu o nome dele com as letras hebraicas ficando SS, Y e S que geralmente são transliterações das letras ש / ח (Sin/Shin/Chet), י (Yôd) e ש / ח (Sin/Shin/Chet). Embora o nome comece com a letra E poderíamos usar uma consoante para expressar o valor fonético dessa vogal, e como todas as letras são Consoantes, a primeira letra pode ser o Yôd, sendo lida como “I” formando o nome Ishiach, que geralmente é transliterado para Issias. Bom, encontrada a forma Hebraica do nome que é ישיח e procurando na bíblia, encontramos em 1º Crônicas 7:3, 12:6, 23:20; 24:21. Foi um Levita, e seu nome significa Esquecido por Deus. As raízes das palavras mostram muitas coisas, e como para se perdoar deve-se esquecer. Então acreditamos ser perdoado por Deus, ou Deus o perdoa.

Apelido de Doutor

Este apelido, Essias recebeu por volta dos 6 meses de idade, quando seu pai notou que ele só tinha roupas brancas, e como chamamos os médicos de doutor, o pai de Essias disse que o filho dele parecia um doutor, e daí por diante o chamam assim.